segunda-feira, 27 de abril de 2009

Aboio Avoado - Lenine.


"Era um delírio danado
De queimar as pestanas dos olhos.
Um tremor batendo no peito

E esse adeus, que tem gosto de terra.

Ah! Meu amor!
Não se entregue sem mim

Ah!
Meu amor!

Eu só quero avoar."




2 comentários:

Alexandre Geisler disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexandre Geisler disse...

voar juntinho é oq há.